Grandes Dramaturgos: Ibsen

|

HENRIK IBSEN

(1828-1906)

Dramaturgo e poeta

Henrik Ibsen, consagrado dramaturgo norueguês, viu no desenvolvimento e florescimento psíquico do indivíduo a unica esperança de uma sociedade realmente culta.

Henrique Ibsen nasceu em Skien, pequena cidade do sul da Noruega, no seio de uma família de profissionais da marinha mercante. Em Novembro de 1851, empregou-se como gerente do Teatro de Bergen. Em 1856, teatros noruegueses e suecos apresentaram o seu primeiro drama: O Banquete de Solhang. Em 1857, passou a desempenhar as funções de director do Teatro Norueguês em Cristiânia, tendo feito representar três peças suas, entre as quais A Comédia do Amor. Mas se as suas peças foram um êxito, o mesmo não se poderá dizer do modo como administrou o teatro que acabaria por ir à falência.

Entre as suas principais ideias poder-se-á referir a suprema importância que deu ao carácter individual da personalidade e a sua crença de que o maior mal que se pode cometer é o da negação do amor. Viu no desenvolvimento e florescimento psíquico do indivíduo a unica esperança de uma sociedade realmente culta, tendo combatido contra o cristianismo convencional em nome de um Cristianismo mais genuino e intenso.

Principais Obras

O Túmulo do Guerreiro (1849); A Noite de São João (1853); A Senhora Inger de Oestrat (1855); A Festa de Solhaug (1856); A Comédia do Amor (1862); Os Pretendentes à Coroa (1864); Os Pilares da Comunidade (1877); A Casa de Boneca (1879); Espectros (1881); Um Inimigo do Povo (1882); O Pato Selvagem (1884); A Dama do Mar (1888); Quando Andamos entre os Mortos (1899)

3 comentários:

Anónimo disse...

This site is one of the best I have ever seen, wish I had one like this.
»

Anónimo disse...

Hallo I absolutely adore your site. You have beautiful graphics I have ever seen.
»

Anónimo disse...

I find some information here.